Protected by Copyscape É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog. Leia a nossa Licença Internacional da Creative Commons. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal, bem como na Lei 9610/98, que rege os Direitos Autorais no Brasil.

Seleção antinatural: Liberem as drogas.

Por que não deixamos os homens serem homens apenas, e exercerem o seu milagre único: o arbítrio?




Liberem as drogas... quem quiser que cheire!
Liberem: cada um é dono de si, falsos liberais!
Liberem homens, mulheres e o que houver mais...
Incestos e matanças coletivas por alqueire.

Gente é como gado: precisamos dos fracos alfeires...
A trégua da raça depende disso: autodestruição.
Então deixemos que se matem por "psico-autoabdução".
Deixemos o melhor futuro à seleção antinatural deles.

Qual raça não precisa desse expurgo não-nazista, voluntário!?
Então lhes daremos câmaras de pó, mas veja, não impulsionamos...
liberados sejam o suicídio e o que mais não compreendamos.
Eis-lhes livres de si: aos sub-homens o que queiram, falem só o horário.

Estejam livres para automutilação, nunca fomos contrários...
Até compro a droga que queiram, posso pagar sem danos.
Só não lhes prometo as visões apocalípticas de Nostradamus,
Nem que lhes sustentem das visões os simplórios corolários...

No fim, infelizmente, estaremos juntos, sem crime: é o que contamos!
No céu ou no inferno, mas na Terra, não... a solução é legítima.
Nosso trato abrange a liberdade para as suas vida e morte íntimas!
Vocês lá, nós aqui. Nada mais visionário encontramos.

E que Deus nos permita o arbítrio como o único milagre irrefutável.

©Alexandre T. Ferreira.